Sobre a Cegueira

Vítor Joaquim + João Silva + Raquel Castro

Concerto

Nov 4, 2022

21h30

Quartel das Artes, Paredes de Coura

comprar bilheteComprar passe Paredes de CouraComprar passe geral

NOTA

Espetáculo inserido numa sessão com dois concertos (bilhete único):

Vitor Joaquim + João Silva + Raquel Castro - Sobre a cegueira | 21h30
Gustavo Costa (solo) | 22h30

Intervalo: 15 minutos

Vítor Joaquim é, sem dúvida, uma das figuras de referência da música eletrónica de cariz exploratório. Sobre a Cegueira é um ensaio audiovisual que toma como ponto de referência o romance Ensaio Sobre a Cegueira de José Saramago, e que explora algumas das ressonâncias existenciais mais marcantes da sua obra. Questões como a consciência, a irracionalidade, a incompreensão ou a desigualdade constituem preocupações centrais relativamente à condição humana que expõem a nossa insistente e fatal incapacidade para resolver os grandes problemas da humanidade, do mais simples gesto à mais complexa implicação. Parte deste trabalho é atravessado de forma alternada pelas palavras de Saramago, ditas por Raquel Castro e pela própria voz do autor, a partir de excertos de entrevistas. Ao ensaio sociológico sucede-se o ensaio estético do palco, da luz para a escuridão, do cheio para o vazio. Como dizia Saramago, “estamos aqui num sítio que não entendemos...”. “E ao qual procuramos dar um sentido”, dizem Vítor Joaquim, João Silva e Raquel Castro.

Vítor Joaquim is undoubtedly one of electronic music with exploratory nature reference figures. Sobre a Cegueira (About Blindness) is an audiovisual essay that takes José Saramago's novel Ensaio Sobre a Cegueira (Blindness) as a reference point, and explores some of the most striking existential resonances in his work. Issues such as conscience, irrationality, incomprehension, or inequality constitute central concerns about the human condition that expose our insistent and fatal incapacity to solve the great problems of humanity, from the simplest gesture to the most complex implication. Part of this work is alternately crossed by Saramago's words, spoken by Raquel Castro and by the author's own voice from interview excerpts. The sociological essay is followed by the aesthetic essay of the stage, from light to darkness, from fullness to emptiness. As Saramago said, "we are here in a place we don't understand...". "And to which we try to give a meaning", say Vítor Joaquim, João Silva, and Raquel Castro.

Ficha Artistica

Vítor Joaquim - Eletrónica / Electronics 

João Silva - Trompete / Trumpet

Raquel Castro - Voz / Voice

MAIS ESPETÁCULOS