Margarida Garcia

Concerto

Nov 25, 2022

21h30

Teatro Valadares, Caminha

Comprar bilheteComprar passe CaminhaComprar passe geral

NOTA

Espetáculo inserido numa sessão com dois concertos (bilhete único):

Margarida Garcia (solo) | 21h30
André B. Silva - Sonhário | 22h30

Intervalo: 15 minutos

Margarida Garcia (Lisboa, 1977) tem vindo a desenvolver, desde meados dos anos noventa, uma linguagem muito pessoal e singular para contrabaixo elétrico. Simples, melodiosa, lenta, sub-aquosa e melancólica, que ultrapassa a práxis atual de improvisação com uma espiral vinda do fundo do subsolo contemporâneo. Antes de ter estado em Nova Iorque, em 2004, onde viveu durante sete anos e onde tocou regularmente em concertos com Loren Connors e Marcia Bassett, foi uma figura muito presente no som underground em Lisboa. Aí, conheceu o guitarrista Manuel Mota, colaborador próximo desde o seu início musical — a sua primeira colaboração remonta a 1998. As suas explorações do arco, na sua maioria sombriamente dramático, em territórios profundamente obscuros e silenciosos, encontram-se igualmente em colaborações com Thurston Moore, Mattin e DJ Marfox, Eddie Prévost entre outros. As artes visuais desempenham também um papel importante na sua atividade, tendo publicado um livro de desenhos, realizado várias exposições e trabalhos artísticos para muitos lançamentos musicais. Desde 2014 que vive entre Lisboa e Antuérpia, onde trabalha frequentemente com o ensemble Graindelavoix, de Björn Schmelzer, nos seus vários projetos artísticos.

Margarida Garcia (Lisbon, 1977) has been developing, since the mid nineties, a very personal and singular language for electric double bass. Simple, melodious, slow, sub-aquatic and melancholic, that goes beyond the current improvisation praxis with a spiral coming from the bottom of the contemporary underground. Before he was in New York in 2004, where he lived for seven years and where he played regularly in concerts with Loren Connors and Marcia Bassett, he was a very present figure in the underground sound in Lisbon. There he met guitarist Manuel Mota, a close collaborator since his musical beginnings - their first collaboration dates back to 1998. His explorations of the mostly darkly dramatic arc into deeply obscure and silent territories are also found in collaborations with Thurston Moore, Mattin and DJ Marfox, Eddie Prévost among others. Visual arts also play an important role in his activity, having published a book of drawings, held several exhibitions and artwork for many musical releases. Since 2014 he has been living between Lisbon and Antwerp, where he frequently works with Björn Schmelzer's ensemble Graindelavoix in their various artistic projects.

Ficha artistica

Margarida Garcia - Contrabaixo elétrico / Electric Double Bass

MAIS ESPETÁCULOS