João Pais Filipe

Concerto

Nov 20, 2022

16h00

Cineteatro João Verde, Monção

Comprar bilheteComprar passe MonçãoComprar passe geral

NOTA

Espetáculo inserido numa sessão com dois concertos (bilhete único):

João Pais Filipe (solo) | 16h00
Cluster - Grupo Experimental de Matosinhos | 17h00

Intervalo: 15 minutos

João Pais Filipe (1980) é um percussionista e escultor sonoro do Porto. Ao longo das quatro composições do seu mais recente álbum, Sun Oddly Quiet, João Pais Filipe abre um diálogo com o ouvinte. No primeiro álbum inspirou-se na electrónica/dança/techno que evoluiu da percussão do krautrock para espernear à vontade o talento. Em Sun Oddly Quiet aventura-se por uma nova estrada sem qualquer mapa, a tatear terreno novo na carreira a solo, afirmando-se como compositor/percussionista e não apenas como uma só dessas partes. Essa expansão criativa – e também motivacional – é empurrada por outra relação que João Pais Filipe tem com os seus instrumentos, enquanto construtor de gongos e pratos, que ousa a que o instrumento soe mais do que o seu propósito. 

Sun Oddly Quiet é, para o ouvinte, um mapa de um lugar incerto, maturado pelas diferentes experiências que João Pais Filipe viveu ao longo dos últimos três anos, as colaborações que desenvolveu com outros músicos (em HHY & The Macumbas, CZN, e com Evan Parker, Rafael Toral, Black Bombaim, Burnt Friedman, entre outros), a descoberta regular de enfrentar um público a solo e viagens a África, Ásia e América Latina que lhe permitiram colaborar com outras linguagens percussivas. 

João Pais Filipe (1980) is a percussionist and sound sculptor from Porto. Throughout the four compositions of his latest album, Sun Oddly Quiet, João Pais Filipe opens a dialogue with the listener. On the first album he was inspired by electronic/dance/techno that evolved from the percussion of krautrock to spur-of-the-moment talent. On Sun Oddly Quiet he ventures down a new road without any map, groping new ground in his solo career, asserting himself as a composer/percussionist and not just one of those parts. This creative - and also motivational - expansion is pushed by another relationship that João Pais Filipe has with his instruments, as a gong and cymbal builder who dares the instrument to sound more than its purpose. 

Sun Oddly Quiet is, for the listener, a map of an uncertain place, matured by the different experiences that João Pais Filipe lived throughout the last three years, the collaborations he developed with other musicians (in HHY & The Macumbas, CZN, and with Evan Parker, Rafael Toral, Black Bombaim, Burnt Friedman, among others), the regular discovery of facing a audience alone, and trips to Africa, Asia and Latin America that allowed him to collaborate with other percussive languages.

Ficha artistica

João Pais Filipe - Composição e percussão / Composition and percussion

MAIS ESPETÁCULOS